Imprima aqui seu certificado de participação
Ir para o topo
Instituto Unibanco
Instituto Unibanco, Folha de São Paulo e Insper

LOCAL:

Teatro CETIP - Instituto Tomie Ohtake
Rua Coropés, 88 – Pinheiros, São Paulo-SP

Imprima aqui seu
certificado de participação

Sobre o Seminário

Caminhos para a qualidade da educação pública: Impactos e evidências

De que forma pode-se conduzir estudos que permitam acumular conhecimento sobre a intervenção e alterá-la na direção de maiores impactos? Como a academia, com suas avaliações e pesquisas educacionais, pode apoiar os gestores nas tomadas de decisão? Quais cuidados devem ser tomados na interpretação das lições internacionais sobre avaliação no contexto brasileiro?

Essas e outras questões serão debatidas no Seminário Internacional Caminhos para a Qualidade da Educação Pública: Impactos e Evidências, segundo da série inaugurada em 2015. Pesquisadores nacionais e internacionais que realizaram avaliações e pesquisas de programas, e gestores, responsáveis pela implementação das intervenções, apresentarão os desafios e os ganhos possibilitados por essa produção de conhecimento.

Dentre os palestrantes confirmados estão: Greg Welch (Universidade de Nebraska), Roberto Lent (Universidade Federal do Rio de Janeiro e Rede Nacional de Ciência para a Educação), Paula Louzano (Universidade de São Paulo), Francisco Soares (Universidade Federal de Minas Gerais e ex-presidente do Inep), Fred Amancio (secretário de Educação de Pernambuco), Raquel Teixeira (secretária de Educação de Goiás), Ricardo Paes de Barros (Instituto Ayrton Senna/Insper), Ricardo Madeira (Universidade de São Paulo), Sergio Firpo (Insper), entre outros.

Entre os casos que serão destacados, está a apresentação pelo Instituto Unibanco do impacto do Jovem de Futuro, sua estratégia de produção e uso de evidências para o redesenho da intervenção. Implementado desde 2007, o programa tem como objetivo fortalecer nas redes públicas de ensino a gestão escolar voltada para resultados de aprendizagem. Desde então, uma série de avaliações com desenho experimental, coordenadas pelo professor Ricardo Paes de Barros, vêm sendo conduzidas. Também alimentam a accountability e o redesenho do programa pesquisas desenvolvidas pelos professores Ricardo Madeira e Sergio Firpo.

Para além do experimento, o Instituto Unibanco também realiza estudos e outros tipos de avaliação a fim de aprimorar suas ações. O trabalho é conduzido em parceria com o setor público e a academia.

O evento é gratuito. Veja a programação abaixo e conheça os palestrantes. Participe.

Programação

Programação sujeita a alterações
8h30-9h
Welcome Coffee
9h-9h45
Abertura
Pedro Moreira Salles – Instituto Unibanco
Maria Cristina Frias – Folha de S.Paulo
Ministro Mendonça Filho – Ministério da Educação
9h45-10h45
Impacto da gestão educacional e uso de evidências: reflexões a partir do Jovem de Futuro
Ricardo Henriques – Instituto Unibanco
Ricardo Paes de Barros – Instituto Ayrton Senna / Insper
10h45-12h45
Produção e uso de evidências para aprimorar políticas educacionais
Greg Welch – Universidade de Nebraska
Ricardo Madeira – Universidade de São Paulo (USP)
Roberto Lent – Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Rede Ciência para Educação (Rede CpE)
Coordenador: Rossieli Soares da Silva – Ministério da Educação
12h45-14h
Almoço
14h-16h
Experiências internacionais de uso de evidências em políticas educacionais
Ilkka Turunen – Ministério da Educação da Finlândia
Miguel Székely – Centro de Estudos Educativos e Sociais do México
Coordenadora: Cida Bento – Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT)
16h-18h
Experimentos: a produção dos reais impactos das políticas educacionais
Edoardo Masset – International Initiative for Impact Evaluation (3IE)
Pedro Carneiro – University College London
Coordenadora: Érica Fraga – Folha de S.Paulo
9h30-10h
Uso de avaliação experimental para cálculo de efeitos de programas educacionais sobre a desigualdade de desempenho escolar
Lançamento Cátedra Instituto Unibanco no Insper
Sérgio Firpo – Insper
10h-12h
Meta-análise de impactos: uso de evidências para priorizar investimentos educacionais
André Portela – Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) e Clear
Herb Turner – Universidade da Pensilvânia
Coordenadora: Ana Estela de Sousa Pinto – Folha de S.Paulo
12h-13h
Almoço
13h-15h
Produção e uso de evidências na visão dos pesquisadores brasileiros da Educação
Claudio de Moura Castro – Grupo Positivo
Francisco Soares – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Paula Louzano – Universidade de São Paulo (USP)
Telma Vinha – Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)
Coordenadora: Angela Dannemann – Fundação Itaú Social
15h-17h
Experiências de redes de ensino brasileiras com o uso de evidências
Eduardo Deschamps – Secretário de Estado da Educação de Santa Catarina / presidente do Consed
Frederico Amancio – Secretário de Estado Educação de Pernambuco
Haroldo Rocha – Secretário de Estado da Educação do Espírito Santo
Raquel Teixeira – Secretária de Estado de Educação, Cultura e Esporte de Goiás
Coordenadora: Izolda Cela – vice-governadora do Estado do Ceará
17h-17h30
Produção e uso de evidências: aproximações e aprendizados para aprimorar políticas educacionais
Mirela de Carvalho – Instituto Unibanco
Ricardo Paes de Barros – Instituto Ayrton Senna / Insper
17h30-17h45
Encerramento
Ricardo Henriques – Instituto Unibanco

Palestrantes

  • Ana Estela

    Ana Estela de Sousa Pinto

    Ana Estela de Sousa Pinto

    Ana Estela de Sousa Pinto é repórter especial. Na Folha há 28 anos, foi repórter de educação, editora de treinamento e editora de economia, entre outros cargos.

  • André Portela

    André Portela

    André Portela

    Professor da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas e coordenador do Centro de Microeconomia Aplicada da mesma instituição. Possui graduação em Economia pela Universidade Federal da Bahia, mestrado em Economia pela Universidade de São Paulo e doutorado em Economia pela Universidade Cornell. Foi professor doutor da Universidade de São Paulo, professor assistente adjunto na Universidade Vanderbilt e professor visitante na Universidade Cornell. Foi editor da revista Estudos Econômicos e secretário-executivo da Sociedade Brasileira de Econometria.

  • Angela Dannemann

    Angela Dannemann

    Angela Dannemann

    Superintendente da Fundação Itaú Social (FIS). Bacharel em Engenharia Química pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Mestre em Administração pelo IBMEC-RJ, com especialização em Avaliação de Programas pelo CEATS/FIA/USP. Líder-parceira da Fundação Avina, participa do Conselho Deliberativo da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), da Fundação Octacílio Coser (Foco) e do Instituto Verdescola.

  • Cida Bento

    Cida Bento

    Cida Bento

    Diretora-executiva do Centro de Estudo das Relações de Trabalho e Desigualdades. Psicóloga, tem mestrado em Psicologia Social pela Pontifícia Universidade de São Paulo (PUC-SP) e doutorado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pela Universidade de São Paulo (USP).

  • Claudio de Moura Castro

    Claudio de Moura Castro

    Claudio de Moura Castro

    Formado em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com mestrado pela Universidade de Yale. Iniciou o programa de doutoramento na Universidade da Califórnia em Berkeley, terminando na Universidade de Vanderbilt. Ensinou nos programas de mestrado da PUC/Rio, Fundação Getúlio Vargas, Universidades de Chicago, Brasília, Genebra e da Borgonha em Dijon. Foi Chefe da Divisão de Políticas de Formação da Organização Internacional do Trabalho (OIT) (Genebra), Economista Sênior de Recursos Humanos do Banco Mundial e Chefe da Divisão de Programas Sociais do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Atualmente, é assessor especial da Presidência do Grupo Positivo.

  • Edoardo Masset

    Edoardo Masset

    Edoardo Masset

    Diretor-adjunto e chefe do escritório de Londres da 3ie, uma ONG internacional dedicada a promover avaliações de impacto sobre desenvolvimento internacional. O escritório de Londres é voltado à produção e suporte de revisões sistemáticas de evidências de estudos de eficácia. Edoardo é economista, com mais de dez anos de experiência. Suas principais pesquisas incluem desenvolvimento rural, pobreza infantil, consumo de alimentos e avaliação do impacto de programas de desenvolvimento. Foi, por sete anos, membro do Instituto de Estudos de Desenvolvimento da Universidade de Sussex e, por três anos, trabalhou no Grupo de Avaliação Independente do Banco Mundial, onde se envolveu em uma série de avaliações de impacto nas áreas de educação, nutrição e redução da pobreza.

  • Eduardo Deschamps

    Eduardo Deschamps

    Eduardo Deschamps

    Possui formação de Graduação, Mestrado e Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Desde 1990 é professor efetivo do Departamento de Engenharia Elétrica e de Telecomunicações da Universidade Regional de Blumenau (FURB). Foi Reitor da Universidade Regional de Blumenau e Presidente da Fundação mantenedora da Universidade entre 2006 e 2010. Em 2011 assumiu o cargo de Secretário-adjunto da Educação do Estado de Santa Catarina. No mesmo ano, também foi nomeado Conselheiro do Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina com mandato até 2017. Assumiu o cargo de Secretário de Estado da Educação em 2012, posto que ocupa até hoje. Em 2015 foi eleito Presidente do Conselho Nacional dos Secretários de Educação com mandato até 2017. Nomeado em 2016, como membro do Conselho Nacional de Educação.

  • Érica Fraga

    Érica Fraga

    Érica Fraga

    Érica Fraga é repórter especial da Folha desde 2010. Antes, foi correspondente do jornal em Londres e editora sênior da consultoria britânica Economist Intelligence Unit. Também atuou como repórter de finanças do jornal O Globo e da própria Folha. Tem mestrado em Economia Política Internacional pela Universidade de Warwick, no Reino Unido. Venceu os prêmios Esso, CNI, Citigroup Journalistic Excellence Award e Fiatallis.

  • Francisco Soares

    Francisco Soares

    Francisco Soares

    Doutor em Estatística pela University of Wisconsin-Madison e pós-doutor em Educação pela University of Michigan. É professor titular aposentado da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Ex-presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

  • Frederico Amancio

    Frederico Amancio

    Frederico Amancio

    Secretário de Estado da Educação de Pernambuco. Em 15 anos de atuação na Secretaria da Fazenda, exerceu diversas funções e cargos, como Coordenador de Planejamento e Acompanhamento e Diretor de Legislação e Tributação. Em 2008, Amancio integrou a equipe responsável pela aplicação de um novo modelo de gestão na saúde pública do Estado. Dirigiu as secretarias estaduais de Saúde, Desenvolvimento Econômico e Planejamento e Gestão.

  • Greg Welch

    Greg Welch

    Greg Welch

    Professor associado do Centro de Nebraska de Pesquisa sobre Crianças, Jovens, Famílias e Escolas da Universidade de Nebraska-Lincoln. Diretor do Departamento de Educação e Pesquisa, Avaliação e Política e copresidente do Nebraska Early Childhood Data Coalition e membro do núcleo da equipe Nebraska Early Childhood Sistemas Integrados de Dados.

  • Haroldo Rocha

    Haroldo Rocha

    Haroldo Rocha

    Secretário de Educação do Estado do Espírito Santo. Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), atuou como professor universitário na Ufes, foi técnico do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), foi pró-reitor de Administração da Ufes, secretário de Planejamento da Prefeitura de Vitória, diretor-presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) e secretário de Estado da Educação do Espírito Santo entre 2007 e 2010.

  • Herb Turner

    Herb Turner

    Herb Turner

    Professor associado da Divisão de Métodos Quantitativos em Educação da Universidade da Pensilvânia. Leciona estatística e programação estatística no curso de graduação e tem mais de 30 anos de experiência na condução de pesquisas empíricas na área da educação e áreas relacionadas. É fundador, presidente e pesquisador chefe da Analytica, especializada em utilizar métodos de pesquisa cientificamente válidos para resolver problemas de políticas educacionais.

  • Ilkka Turunen

    Ilkka Turunen

    Ilkka Turunen

    É conselheiro especial do Ministério da Educação e Cultura da Finlândia. Especialista em políticas baseadas em evidência, já atuou como secretário geral de pesquisa e inovação e foi conselheiro da divisão de educação superior e ciência do órgão.

  • Izolda Cela

    Izolda Cela

    Izolda Cela

    Maria Izolda Cela de Arruda Coelho é vice-governadora do Ceará (gestão Camilo Santana). Como secretária de Educação do Ceará (entre 2007 e 2014), foi responsável pela implementação do Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic), que se tornou política educacional para todo o país. Foi também secretária de Educação do município de Sobral de 2004 a 2006. É graduada em Psicologia pela Universidade Federal do Ceará e mestre em Gestão e Avaliação da Educação Pública pela Universidade Federal de Juiz de Fora. Tem ainda especialização em Gestão Pública pela Universidade Estadual Vale do Acaraú, além de estudos em Educação Infantil pela Universidade Estadual do Ceará.

  • Maria Cristina Frias

    Maria Cristina Frias

    Maria Cristina Frias

    Editora da coluna Mercado Aberto da Folha, onde também atuou como repórter de educação e de economia. Foi repórter no SBT, na TV Globo e comentarista de economia no Grupo Bandeirantes.

  • Ministro Mendonça Filho

    Ministro Mendonça Filho

    Ministro Mendonça Filho

    Ministro de Estado da Educação, José Bezerra Mendonça Filho é graduado em administração de empresas pela Universidade de Pernambuco (UPE), com curso de gestão pública pela Kennedy School, da Universidade de Harvard (EUA). Foi vice-governador de Pernambuco (1999–2002 e 2002–2006), tendo assumido o governo do Estado em 2006. Foi também secretário de Estado, deputado estadual e deputado federal. Como parlamentar, desenvolveu projetos de ampliação do Fies para alunos de autarquias municipais, além de estabelecer os 6 anos como idade máxima para alfabetização das crianças na rede pública. No governo pernambucano, coordenou a implantação do projeto de escolas em tempo integral e criou programas como o Jovem Campeão, a Agenda da Juventude, o Universidade Democrática e a Ação Integrada pela Segurança.

  • Mirela de Carvalho

    Mirela de Carvalho

    Mirela de Carvalho

    Gerente de Gestão do Conhecimento do Instituto Unibanco. Foi gerente de Projetos no Instituto Ayrton Senna, assessora na Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro, pesquisadora no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e no Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (IETS). Economista, é doutora em sociologia pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ).

  • Miguel Székely

    Miguel Székely

    Miguel Székely

    Diretor do Centro de Educação e Estudos Sociais do México e consultor de organizações internacionais como Banco Mundial, BID, UNDP e UNICEF. Atuou recentemente como diretor do Instituto para Inovação em Educação do Instituto Tecnológico e de Estudos Superiores de Monterrey, México. Além disso, foi subsecretário de planejamento e avaliação do Ministério do Desenvolvimento Social do México e subsecretário de ensino médio no Ministério da Educação. Lecionou na Universidade de Oxford, no Centro de Estudos Econômicos de El Colegio de México e no Instituto Tecnológico Autónomo do México.

  • Paula Louzano

    Paula Louzano

    Paula Louzano

    Pedagoga com doutorado em Política Educacional pela Universidade de Harvard (2007) e mestrado em Educação Internacional Comparada pela Universidade de Stanford (1999). Trabalhou no Escritório Regional da Unesco para América Latina e Caribe entre 2001 e 2004 na área de estatísticas educacionais. Foi professora da Faculdade de Educação (FE) da Universidade de São Paulo entre 2012 e 2013. Atualmente realiza pesquisa de pós-doutorado na FE-USP e é pesquisadora visitante na Faculdade de Educação da Universidade Stanford.

  • Pedro Carneiro

    Pedro Carneiro

    Pedro Carneiro

    Professor na University College London e economista pesquisador no Centro de Métodos e Práticas de Microdados. Foi professor assistente na University College London, passando mais tarde a professor associado. Já na Georgetown University, foi professor associado visitante e, depois, professor associado. Além disso, foi economista visitante do Banco Mundial. Possui Ph.D. em Economia pela Universidade de Chicago, tendo sido orientado por James Heckman.

  • Pedro Moreira Salles

    Pedro Moreira Salles

    Pedro Moreira Salles

    Presidente do Conselho de Administração do Instituto Unibanco e do Conselho de Administração do Itaú Unibanco Holding, sócio e copresidente da Cambuhy Investimentos, conselheiro da TOTVS e membro do Conselho de Administração da Falconi Consultores Associados. Membro do Conselho Orientador da Fundação Osesp e do Conselho Deliberativo do Insper. É graduado magna cum laude em Economia e História pela Universidade da Califórnia em Los Angeles, cursou o programa de mestrado em Relações Internacionais da Universidade de Yale e o Owners/President Management Program, da Universidade de Harvard.

  • Raquel Teixeira

    Raquel Teixeira

    Raquel Teixeira

    Secretária de Estado da Educação de Goiás. Doutora em Linguística pela Universidade da Califórnia, EUA. Possui pós-doutorado em Língua e Cultura pela Escola de Altos Estudos de Paris. Foi deputada federal por dois mandatos (2003/2006 – 2007/2010).

  • Ricardo Henriques

    Ricardo Henriques

    Ricardo Henriques

    Economista, é superintendente executivo do Instituto Unibanco. Foi Secretário Nacional de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad) do Ministério da Educação e Secretário Executivo do Ministério de Desenvolvimento Social. No Rio de Janeiro foi Secretário Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos e Presidente do Instituto Municipal de Urbanismo Pereira Passos.

  • Ricardo Madeira

    Ricardo Madeira

    Ricardo Madeira

    Professor de Economia da Universidade de São Paulo e pesquisador associado da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Ph.D. em Economia pela Universidade de Boston, é mestre em Economia pela Fundação Getúlio Vargas. Pesquisador em Microeconomia Aplicada, Economia da Educação e Avaliação de Políticas Educacionais. É consultor de Educação para o Banco Interamericano de Desenvolvimento.

  • Ricardo Paes de Barros

    Ricardo Paes de Barros

    Ricardo Paes de Barros

    Economista chefe do Instituto Ayrton Senna e professor no Insper. É também coordenador do Núcleo de Ciência pela Educação no Centro de Políticas Públicas. Atuou no Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea) por mais de 30 anos. Foi Subsecretário de Ações Estratégicas da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. Possui pós-doutorado em Economia pela Universidade de Chicago e pela Universidade de Yale.

  • Roberto Lent

    Roberto Lent

    Roberto Lent

    Graduado em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com mestrado e doutorado pelo Instituto de Biofísica da UFRJ e pós-doutorado pelo Massachusetts Institute of Technology. É professor titular da UFRJ, onde chefia o Laboratório de Neuroplasticidade do Instituto de Ciências Biomédicas. Coordenador da Rede Nacional de Ciência para Educação e membro titular da Academia Brasileira de Ciências.

  • Rossieli Soares da Silva

    Rossieli Soares da Silva

    Rossieli Soares da Silva

    Secretário de Educação Básica do Ministério da Educação, é graduado em Direito pela Universidade Luterana do Brasil (2003) e mestrando de Gestão e Avaliação Educacional da Universidade Federal de Juiz de Fora. Foi diretor de Planejamento, assessor estratégico, diretor de Infraestrutura, secretário executivo de Gestão da Secretaria de Estado da Educação e Qualidade de Ensino do Amazonas. Ocupou ainda os cargos de secretário de Educação e Qualidade de Ensino do Estado do Amazonas, de vice-presidente da Região Norte do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Educação (Consed), de coordenador dos eixos Ensino Médio e Tecnologias no Consed e de presidente do Conselho Estadual de Educação do Amazonas (CEE - AM).

  • Sergio Firpo

    Sergio Firpo

    Sergio Firpo

    Professor titular da Cátedra Instituto Unibanco no Insper. Possui mestrado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1999) e mestrado em Estatística (2002) e Ph.D. em Economia (2003) pela Universidade da Califórnia em Berkeley. É membro da Econometric Society. Fellow do Institute for the Study of Labor (IZA) e membro fundador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Educação, Desenvolvimento Econômico e Inserção Social.

  • Telma Vinha

    Telma Vinha

    Telma Vinha

    Pedagoga, doutora em educação na área de psicologia, desenvolvimento humano e educação pela Faculdade de Educação da Unicamp e professora do departamento de psicologia educacional desta mesma instituição. Realiza pesquisas na área das relações interpessoais e o desenvolvimento moral, sendo membro do Laboratório de Psicologia Genética da Unicamp e do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Moral da Unesp. Autora de livros e artigos diversos.

Local

Teatro CETIP - Instituto Tomie Ohtake | Rua Coropés, 88 – Pinheiros, São Paulo-SP

Últimas Notícias

05 out 2016

05 out 2016

05 out 2016

04 out 2016

04 out 2016

04 out 2016

19 set 2016

16 set 2016

16 set 2016

16 set 2016

15 set 2016

15 set 2016

31 ago 2016

Materiais

15 de setembro

16 de setembro

Uso de avaliação experimental para cálculo de efeitos de programas educacionais sobre a desigualdade de desempenho escolar

Sergio Firpo – Insper

Meta-análise de impactos: uso de evidências para priorizar investimentos educacionais

André Portela – FGV e Clear

Herb Turner – Universidade da Pensilvânia

Produção e uso de evidências na visão dos pesquisadores brasileiros da Educação

Claudio de Moura Castro – Grupo Positivo

Francisco Soares – UFMG

Paula Louzano – USP

Telma Vinha – Unicamp

Produção e uso de evidências: aproximações e aprendizados para aprimorar políticas educacionais

Mirela de Carvalho - Instituto Unibanco

Ricardo Paes de Barros – Instituto Ayrton Senna / Insper

Contato

Instituto Unibanco

Informações: seminarioiu@grupommeventos.com.br

Parceiros

  • Parceiro
  • Parceiro
  • Parceiro
  • Parceiro
  • Parceiro
  • Insper